Cachoeiras e praias de Paraty, outras opções de passeio

postado em: Brasil, Paraty, Rio de Janeiro | 16

As praias de Paraty são bem diferentes de muitas que já conheci, as águas são muito mais quentes que em outras partes do litoral do Rio de Janeiro ou de São Paulo, aliás em algumas delas as águas são mornas. Até parece que você entrou em uma piscina termal natural.

Praia de Paraty Mirim
Praia de Paraty Mirim

As praias de Paraty

A cidade tem muitas praias, segundo o site Férias Brasil, são 27 ao todo, claro que não consegui ver todas. Abaixo a lista daquelas que conheci.

Praia do Iriri: fica no quilômetro 548 da BR 101, sentido Rio de Janeiro. Na estrada há um local para estacionar os carros, ao valor de R$ 10,00 para o dia todo. Esta praia é bem tranquila, ao menos durante a semana. A faixa de areia é curta e a água é bem rasa. O acesso a praia é feito por uma trilha de 5 minutos.

Praia do Iriri - Praias de Paraty
Praia do Iriri – Praias de Paraty

Praia de São Gonçalo: Fica no quilômetro 547 da BR 101, também sentido Rio de Janeiro. O estacionamento é na beira da estrada, pelo mesmo valor da praia do Iriri, R$ 10,00 o dia todo. Nesta praia há uma ducha na entrada da trilha e outras duas nos quiosques. O acesso também é por trilha, em meio as árvores, o que ajuda a aliviar o calorão de Paraty. Desta praia é possível pegar pequenos barcos até a Ilha Comprida e Praia do Pelado, a R$ 25,00 por pessoa.

Praia de São Gonçalo
Praia de São Gonçalo

Praia do Pontal: fica dentro da cidade, ao lado do centro histórico. Atravessando a ponte que fica na Rua do Comércio. É onde acontece o show da virada do ano. Nesta praia há vários quiosques e as águas são muito quentes.

Praia Barra do Corumbê: nesta praia há uma pousada, com lugares para camping e um quiosque. O mar é super calmo com águas quentes também. Fica cerca de três quilômetros do trevo da cidade. É possível estacionar o carro no pátio de uma capela que tem logo na entrada.

Praia do Corumbê - Praias de Paraty
Praia do Corumbê – Praias de Paraty

Paraty Mirim: Ela fica há 17 km (total) de Paraty, há um trevo na estrada Rio-Santos, sentido Ubatuba. É bem sinalizada, com placas indicando Praia de Paraty Mirim. Pegue a estradinha paralela a Rio-Santos, e ande uns 5 km. Esta estrada é meio asfaltada, meio estrada de chão, mas até que é bem conservada. Segundo contam os moradores lá foi onde se iniciou a cidade. A praia de Paraty Mirim, tem um rio que é separado do mar por uma pequena faixa de areia, e do lado esquerdo da praia, na junção entre o rio e o mar, dá para atravessar para outra faixa de areia, onde as águas são super cristalinas, sendo possível ver os peixes nadando. É maravilhosa.

Há muitas outras praias que não visitei, neste link você encontrará mais indicações de praias.

Praia de Paraty Mirim
Praia de Paraty Mirim

Cachoeiras de Paraty

Visitei somente três cachoeiras, mas existem muitas delas na cidade.

Uma história curiosa, no último dia que estava em Paraty, fui procurar por uma das cachoeiras e estava meio perdida, mas sabia que havia uma delas no quilômetro 576, que era praticamente dentro da cidade. Chegando no dito km, percebi que havia uma estradinha a direita da Rio-Santo e um ponto de ônibus, então decidi perguntar a uma moça que estava no ponto, como chegar a cachoeira. Para minha surpresa a moça deu algumas instruções e disse “estou aguardando o ônibus para lá, me dá uma carona e mostro onde fica” fiquei um pouco assustada com a proposta, mas a moça estava com uma garotinha, filha dela, então topei. Ela explicou direitinho como chegar, nos despedimos no final do caminho dela e segui até a cachoeira. Coisas que acontecem durante uma viagem…rs

Cachoeira Poço da Lage: fica numa estradinha a direita da Rio-Santos, km 576 logo depois do trevo da cidade, bem atrás do ponto de ônibus, onde encontrei minha “guia de turismo”…rs, o caminho não é muito fácil, é uma estradinha cheia de curvas e subidas, num certo ponto e necessário entrar a direita, aconselho ir perguntando aos moradores, ou se der sorte pegar seu guia no ponto de ônibus…rs. Não fiquei nesta cachoeira, estava muito lotada, já que fui até lá na véspera de ano novo.

Cachoeira Poço das Andorinhas: fica há uns 3 km do Poço da lage, nesta foi possível entrar na água, estava bem mais tranquila, com poucos banhistas. Todas são muito bonitas.

Cachoeira Poço das Andorinhas
Cachoeira Poço das Andorinhas

Cachoeira do Iriri: a esta cachoeira cheguei por acaso, pois não havia encontrado nada sobre ela em minhas pesquisas. Fica em frente a uma das praias de Paraty, a Iriri, no km 548, sentido Rio de Janeiro. Você pode parar o carro no estacionamento da praia ou da própria cachoeira, um fica em frente ao outro. Para chegar até lá, há uma trilha por entre as árvores, são cinco minutos caminhando. E a cacheira é linda e deliciosa.

Tem muitas outras cachoeiras, mas conheci somente estas. Neste link tem a lista de todas elas.

Cachoeira do Iriri
Cachoeira do Iriri

Passeio de escuna em Paraty

Uma das formas de aproveitar as praias de Paraty, é fazendo o passeio de escuna. Peguei indicação de três escunas pelo site Férias Brasil, Netuno II, Estrela da Manhã e Banzai. Passei pela empresa das duas últimas no centro histórico. Os passeios tinham praticamente o mesmo valor e passavam basicamente pelos mesmos lugares. Acabei escolhendo a Banzai. A escuna é muito boa, grande e um ótimo serviço de bordo, com bebidas e porções. Servem água gratuitamente e no retorno do passeio servem frutas, café e bolachas também como cortesia.

Passeio de Escuna - Pelas Praias de Paraty
Passeio de Escuna – Pelas Praias de Paraty

O passeio que fiz passou pela Praia da Lula, Ilha Comprida, Ilha do Algodão, Saco da velha e Praia do Engenho, com paradas na Praia da Lula, Praia do Engenho e Ilha do Algodão para mergulho com snorkel. No final deu uma volta pelo Saco do Mamanguá, que é o único fiorde brasileiro – (Fiorde é uma grande entrada do mar entre montanhas rochosas – definição encontrada no Wikpédia).

Ilha do Algodão - Praias de Paraty
Ilha do Algodão – Praias de Paraty

Passeio de escuna sempre vale a pena, dá uma sensação de liberdade, além de conhecer vários lugares num mesmo dia. Paguei R$ 70,00 pelo passeio na Banzai, os preços são meio que tabelados. Até havia outras empresas que faziam um passeio por R$ 50,00, mas o itinerário era mais curto e preferi ficar com as empresas que havia tido indicação.

Praia da Lula - Praias de Paraty
Praia da Lula – Praias de Paraty

Além das cacheiras e praias de Paraty, também há vários alambiques que você pode visitar, e conhecer o processo de fabricação das cachaças, infelizmente não tive tempo de conhecê-los.

A empresa Estrela da Manhã, além dos passeios de escuna oferece também passeios de van que visitam os alambiques e cachoeiras da cidade, o valor também é de R$ 70,00 e o passeio dura o dia todo, mais informações pelo site da empresa.

Ilha do Algodão
Ilha do Algodão
Onde ficar em Paraty

Passei o reveillon em Paraty, então os valores não estavam muito convidativos, mas encontrei uma pousada que ficava do lado do centro histórico, com um preço razoável. Os quartos são pequenos, alguns com ar condicionado, outros somente com ventilador, um grande problema para enfrentar o calorão de Paraty, faz 42º brincando no verão. A pousada chama-se Marques, o lugar é simples, mas os quartos são limpos e o café da manhã é muito bom. Tem vagas para carros, mas é necessário deixar a chave na recepção, pois são vagas prezas. Neste link você poderá reservar hotéis ou pousadas, eu recebo uma comissão, mas você não paga nada mais por isso.

A melhor é poca para conhecer as praias de Paraty, é entre setembro e agosto, época em que o calor, nem o transito no retorno são tão intensos. Minha volta para São Paulo levou 16 horas, 12 só entre Paraty e Caraguatatuba…mas valeu. Indo e voltando pela Rodovia Ayrton Sena, paguei 1 pedágio de R$ 2,30, 4 de R$ 3,00 e 2 de R$ 3,20.

Quando montei meu roteiro para Paraty encontrei informações sobre a cidade nos sites Férias Brasil e Paraty Turismo e Ecologia.

Espero que estas dicas sobre as cachoeiras e praias de Paraty ajudem você a aproveitar ao máximo esta cidade. Se tiver alguma outra dica, dúvida ou alguma história para contar, deixe seu recado aqui em baixo. Até o próximo post.

 



Booking.com

Seguir Alessandra Lima:

SEO e Redatora

Alessandra, é uma pessoa apaixonada por viagens. Formada em Comércio Exterior e escreve o blog Viagens de Cá pra Lá desde 2014. Adora ler e fazer fotos. Buscando sempre lugares inusitados para suas viagens, seu intuito é trazer informações mais completas possíveis para você, Leitor. Seja bem vindo ao blog Viagens de Cá pra Lá.

16 Responses

  1. Gisele

    Já fui a Paraty um monte de vezes e iria mais um monte de novo! Não vejo a hora do inverno passar para o calor voltar e assim poder tomar um banho de mar beeeem energizante.

  2. Paula Abud

    Boas dicas, ainda não conheço Paraty, mas já tenho planos.
    Adorei as dicas das praias e cachoeiras!!

  3. Simone Hara

    Adorei o post! Só conheci o centrinho de Paraty mas me encantei pela cidade. Quero voltar agum dia pra aproveitar todos os atrativos ali da região!

  4. Diego Arena

    Que legal esse post! Lendo ele e vendo essas fotos me lembrei da primeira vez que fui para lá com o pessoal da escola! Foi tão legal!
    Lindas fotos!

  5. Andrea

    Que bacana Alê…eu, particularmente, adoro Paraty mas faz tempo que não vou pra lá….colocarei suas dicas em prática na minha próxima visita. Adorei.

  6. NiKi Verdot (1001 Dicas de Viagem)

    Nossa, preciso muito conhecer Paraty. Que show esse post! Obrigada por compartilhar tantas dicas bacanas e com fotos tão maravilhosas (para eu me coçar ainda mais de vontade de ir pra lá o quanto antes rss).

  7. Carolina Belo

    Oi Alessandra! Eu já fui a Paraty três vezes, mas nunca tive a oportunidade de fazer esses passeios e conhecer esses locais incríveis (sempre fui a trabalho). Já até salvei seu post para uma próxima ida (sem ser a trabalho, he he he) para aproveitar mais…
    Parabéns pelo post!
    Abraços,
    Carolina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *