Museu de Arte Contemporânea, conheça o Instituto Inhotim em Brumadinho

postado em: Brasil, Brumadinho, Minas Gerais | 0

O Instituto Inhotim, é o maior Museu de Arte Contemporânea do Brasil. Idealizado a partir de 1980, por Bernardo de Mello Paz, tornou-se um lugar único, com grande acervo de Arte Contemporânea e exemplares da flora de vários lugares do mundo.

Inhotim é uma Oscip – Organização da Sociedade Civil de Interesse Público. O local também conta com espaços de interlocução com a população de seu entorno, visando o desenvolvimento humano sustentável. Por ter sido construído em propriedade particular e por seu caráter social, foi reconhecido como Oscip.

Leia também estes textos sobre o Parque Nacional de Itatiaia, sobre o Caminhos de Pedra em Bento Gonçalves, o Passeio de Trem Maria Fumaça e também Lugares para ir em Curitiba.

O Instituto é uma organização sem fins lucrativos, visando a exposição, conservação e produção de arte contemporânea, além de ações educativas e sociais. Após toda sua trajetória de crescimento e sucesso, o museu criou sua primeira loja fora de Brumadinho, localizada em Belo Horizonte.

Desde sua abertura ao público geral em 2006, o Museu de Arte Contemporânea, Instituto Inhotim, atingiu a marca de 2 milhões de visitantes em 2015.

 

Jardim Desértico - Setor Laranja - Museu de Arte Contemporânea
Jardim Desértico – Setor Laranja

 

Como visitar o Museu de Arte Contemporânea – Inhotim

O Instituto Inhotim está localizado na cidade de Brumadinho, Rua B número 20.

Quando visitei Inhotim, me hospedei em Brumadinho e como estava de carro, utilizei o endereço acima no GPS. Mas o Instituto também fornece serviço de transfer para quem se hospeda em Belo Horizonte.

O serviço de transfer para o Museu de Arte Contemporânea funciona às quartas-feiras, sábados, domingos e feriados, com saída as 8h30. O transfer nos outros dias da semana, está sujeito a agendamento de no mínimo 4 pessoas.  O retorno do transfer sai de Inhotim de terças-feiras a sextas-feiras às 16h30, sábados, domingos e feriados às 17h30.

Você pode comprar o serviço de transfer Ida e Volta ao valor de R$ 66,00 por pessoa, ou somente volta por R$ 35,00. O agendamento do transfer deverá ser efetuado pelo telefone (31) 3290-9180 ou por email inhotim@belvitur.com.br.

Para compra do transfer somente da volta é preciso visitar o estande de vendas no próprio Instituto Inhotim. O estande fica dentro do instituto, antes da recepção e estará sujeito a existência de vagas. Em qualquer uma das formas de serviço de transfer é necessário apresentar o voucher ao motorista na hora do embarque. O Embarque é feito na Rua Professor Moraes, 600, bairro Funcionários em Belo Horizonte. O retorno do transfer sai de Inhotim de terças-feiras a sextas-feiras às 16h30, sábados, domingos e feriados às 17h30.

Há outra opção de transfer que sai da Rodoviária de Belo Horizonte, na plataforma 2. Com saídas de terças-feiras à sextas-feiras, saída as 8h15 e retorno às 16h30. Sábados, domingos e feriados, saídas as 8h15 e retorno às 17h30. O valor de ida é de R$ 38,70 e volta de R$ 35,00. Para maiores informações acesse o site da Saritur.

Saída de Inhotim -Banco Tronco - Museu de Arte Contemporânea
Saída de Inhotim -Banco Tronco

 

Minha experiência em Inhotim

Minha visita ao Instituto Inhotim, foi a realização de um sonho antigo. Já há tempos vinha admirando a beleza deste lugar por fotos no Instagram de outros visitantes. E cada vez mais aumentava minha vontade conhecer.

Visitei o Instituto em setembro de 2018 durante minha viagem pelas Cidades Históricas de Minas Gerais. Fiquei deslumbrada com tanta beleza naquele lugar. Todo o parque é de uma beleza impar, repleto de paisagens maravilhosas, sem contar as exposições de Arte Contemporânea.

Obra Sem Nome - Edgard de Souza - Minha preferida - Cambalhota - Museu de Arte Contemporânea
Obra Sem Nome – Edgard de Souza – Minha preferida – Cambalhota

 

Um de meus objetivos no Instituto inhotim era ver esta obra da foto acima. E não sosseguei até encontra-la. Quase desisti, achando que era algo que tivesse ficado em exposição temporariamente. Mas quando já estava conformada em não vê-la, perguntei a um monitor por ela. Então ele indicou o caminho e a encontrei.  É uma obra sem nome, de Edgard de Souza, eu a chamei de Homens fazendo Cambalhota, bem criativo, né??? rs.

Além das obras de artes encontradas por todo o parque, o local também é um Jardim Botânico. Com espécies de plantas de várias partes do mundo. O paisagismo elaborado em Inhotim é extremamente rico e bem desenhado. É algo que faz você querer sentar-se e ficar ali, observando e sentindo o encantamento do lugar. Tive vontade de ficar por lá.

Obra Desvio para o Vermelho - Galeria Cildo Meireles - Museu de Arte Contemporânea
Obra Desvio para o Vermelho – Galeria Cildo Meireles

 

Fiz o percurso todo com o transporte interno, e confesso que foi uma excelente opção, pois não teria conseguido ver todo o acervo a pé. Mesmo com o transporte no final do dia estava bem cansada. Caminha-se muito dentro de cada setor do parque.

O Museu de Arte Contemporânea Inhotim nos dá a oportunidade de interagir com várias obras de artes. Nos trazendo várias emoções como,  surpresa, certa repulsa e até mesmo mexendo com nossos medos. Uma delas, por exemplo, (esta sala vermelha da foto acima) a mim causou medo, pois parte dela era no uma trilha vermelha, que levava a uma sala totalmente escura. Com uma surpresa no final.

Todo o museu é muito interessante, pois mexe com sentimentos e emoções dos visitantes. Além de todas estas emoções e belezas, aind aera possível admirar algumas espécies de aves e animais livres pelo caminho.

Casal de Jacus - Instituto Inhotim - Museu de Arte Contemporânea
Casal de Jacus – Instituto Inhotim

 

Divisões do Instituto Inhotim

O parque todo é dividido em 3 setores, Eixo Laranja, Eiro Amarelo e Eixo Rosa. Cada um dos eixos possuem um caminho específico e pontos de embarque no transporte interno. E há uma ordem para conhecer as obras e assim conseguir ver quase tudo no Instituto.

Digo quase tudo, pois há muitas obras espalhadas pelos jardins. Algumas passam despercebidas se o visitante não estiver muito atento e se não seguir sua curiosidade. Na entrada do Instituto os colaboradores fazem uma breve explicação sobre os roteiros dentro do parque. Também fazem sugestão por onde iniciar o tour.

Cada um dos setores mostra obras de diversos artistas com características e belezas diferentes.

Nos jardins do parque é possível encontrar espécies como, Jequitibá, Filodendro, Xaxim, Ipê Amarelo, Jacarandá-preto e muitas outras. Todas num espetáculo maravilhoso de cores, cheiros e texturas. Sem contar os lagos que completam toda esta beleza.

O Largo das Orquídeas, é maravilhoso, são várias espécies aéreas, com cores, formas e perfumes únicos. Nem preciso dizer que fiquei encantada no Largo, já que a orquídea é minha flor predileta. Coisa de família, meu pai também adora orquídeas.

Enfim, recomendo fortemente a visita ao Instituto Inhotim, se você já acha maravilhoso pelas fotos que vê na internet, pessoalmente ficará emocionado com tanta beleza.

Além de toda esta estrutura de arte e flora no parque, há também uma loja próxima a recepção. Por lá você pode comprar itens de decoração que são também obras de arte, além de souvenires. Adorei a loja, dá vontade de levar um monte de coisa pra casa. Há itens com preços ok, e outros com preços bem altos, mas todos dentro de sua característica, obra de arte, ou souvenir.

Largo das Orquídeas - Museu de Arte Contemporânea
Largo das Orquídeas

 

Horários de funcionamento do Instituto Inhotim

O Museu de Arte Contemporânea Inhotim, funciona de segunda-feira a  sexta-feira, das 9h30 às 16h30. Sábados, domingos e feriados, aberto das 9h30 às 17h30. Nos dias de carnaval e quarta-feira de cinzas (2019) abrirá das 9h30 às 17h30.

A loja de souvenires funciona nos mesmos horários que o Instituto, já os restaurantes funcionam de terça-feira a sexta-feira das 12h00 às 16h00. Sábados, domingos e feriados das 12h00 às 17h00.

O valor do ingresso para o Instituto Inhotim é de R$ 44,00 inteira. Às quartas-feiras a entrada é gratuita, exceto em feriados que caiam na quarta-feira. O pagamento do ingresso pode ser feito em dinheiro, cartões das principais bandeiras e com o Vale Cultura Alelo.

O direito a meia entrada contempla, idosos acima de 60 anos, crianças de 6 a 12 anos, estudantes, pessoas com deficiências e seus acompanhantes. Professores das redes públicas e privadas também têm direito a meia entrada. No site do Instituto Inhotim, informações completas sobre meia entrada e onde você também pode comprar seu ingresso antecipado.

Obra Invenção da Cor - Hélio Oiticica - Museu de Arte Contemporânea
Obra Invenção da Cor – Hélio Oiticica

 

Como se Locomover no Instituto Inhotim

Dentro do Museu de Arte Contemporânea Inhotim há também o serviço de transporte interno, ao valor de R$ 30,00 por pessoa, crianças de até 5 anos não pagam.

Aconselho a utilização do transporte interno para pessoas que queiram conhecer toda a área do instituto que é de 140 hectares. Também é aconselhável para pessoas com dificuldades de mobilidade, pois há vários trechos íngremes. Sem contar que as distâncias entre uma obra e outra são bastante grandes. Neste link veja as regras para visitação do Instituto.

Agradeço ao Instituto Inhotim pela parceria firmada com o Blog Viagens de Cá pra Lá.

Galeria True Rouge Internamente - Museu de Arte Contemporânea
Galeria True Rouge Internamente

 

Onde comer em Inhotim

Dentro do parque, há várias opções de alimentação, para todos os gostos e bolsos. Todos aceitam as principais bandeiras de cartões.

Hamburgueria Galpão: localizada na rota Laranja, (G11). Servem hamburguers artesanais deliciosos e têm também opções vegetarianas. Aberto de terça-feira a sexta-feira, das 9h30 às 16h30. Sábados, domingos e feriados, das 9h30 às 17h00.

Casa de Sucos: com grande variedade de sucos naturais, também servem água de coco e açaí. Está localizada ao próximo a Galeria Rivana Neuenschwander. Aberto de terça-feira a sexta-feira, das 9h30 às 16h30. Sábados, domingos e feriados, das 9h30 às 17h00.

Restaurante Tamboril: restaurante mais sofisticado, com culinária internacional. O preço do buffet livre é de R$ 79,00 com sobremesa inclusa. Localizado de forma integrada aos jardins do Instituto Inhotim.  Aberto de terça-feira a sexta-feira, das 12h00 às 16h00. Sábados, domingos e feriados, das 12h00 às 17h00.

Lago Instituto Inhotim - Museu de Arte Contemporânea
Lago Instituto Inhotim

 

Restaurante Oiticica: com vista para o lago, este restaurante oferece comida no sistema self service, a R$ 49,00 o quilo. Está fechado até 29/02/2019 para reformas. Normalmente aberto de terça-feira a sexta-feira, das 12h00 às 16h00. Sábados, domingos e feriados, das 12h00 às 17h00.

Lanchonete True Rouge: uma ótima opção para se refrescar com um sorvete, ou enganar o estômago com um salgado. Localizada ao lado da obra “True Rouge”. Aberta às quartas-feiras das 9h30 às 16h00, sábados e feriados das 9h30 às 17h00.

Café das Flores: uma ótima opção para quem é amante de cervejas e gosta de acompanhar com um petisco. Comandado pela Chefe Dailde Marinho, de terça-feira a sexta-feira servem pães de queijo, petiscos e sanduíches. Aos finais de semana há opção de pratos quentes. Aberto de terça-feira a sexta-feira, das 9h30 às 16h30. Sábados, domingos e feriados, das 9h30 às 17h30.

Galeria True Rouge - Museu de Arte Contemporânea
Galeria True Rouge

 

Considerações finais

A visita ao Instituto Inhotim, é um passeio que todos deveriam ter a opção de fazer, ao menos uma vez na vida. Este lugar é deslumbrante e desperta as mais incríveis emoções durante a visita.

Algumas dicas e recomendações para sua visita a Inhotim:

  • Para reduzir o custo de sua visita, programe-se para ir até lá na quarta, quando a entrada é gratuita. Lembrando que nos feriados que caiam de quarta-feira o ingresso será cobrado;
  • Use protetor solar e repelente, apesar de ter muitas árvores no parque, há espaços descampados e que pegam muito sol. E devido a grande quantidade de verde, é possível haver mosquitos pelo caminho;
  • 2908 Galeria true rouge dentro
  • Utilize calçados e roupas confortáveis em sua visita, mesmo que faça a visita com o transporte interno, ainda assim fará longas caminhadas;
  • Para visitar o Instituto Inhotim em único dia, utilize o transporte interno, vale a pena;
  • Para ver tudo caminhando, é necessário ao menos dois dias de visita e prepare-se para andar muito.

Fonte histórica: Instituto Inhotim

Esta foi minha experiência, maravilhosa, visitando este impressionante Museu de Arte Contemporânea, que é o Instituto Inhotim. Espero que goste das dicas e informações que coloquei no texto. Minha intenção era organizar tudo que você precisa saber em um único lugar. Gostou destas dicas? Então siga o blog no Facebook, Instagram e Pinterest para saber mais novidades. Te vejo no próximo post.

Seguir Alessandra Lima:

SEO e Redatora

Alessandra, é uma pessoa apaixonada por viagens. Formada em Comércio Exterior e escreve o blog Viagens de Cá pra Lá desde 2014. Adora ler e fazer fotos. Buscando sempre lugares inusitados para suas viagens, seu intuito é trazer informações mais completas possíveis para você, Leitor. Seja bem vindo ao blog Viagens de Cá pra Lá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *