O que fazer em Cunha SP, os principais pontos turísticos desta estância climática

postado em: Brasil | 0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Pin It Share 0 LinkedIn 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

Cunha é uma pequena cidade do interior paulista com apenas 21.866 habitantes, está localizada no alto Paraíba. Seu povo hospitaleiro está sempre disposto a ajudar e são muito proseadores. Apesar de ser uma cidade pequena vou dar várias dicas sobre o que fazer em Cunha.

A cidade foi fundada em 1724, inicialmente com o nome de Facão e somente em 1948 passou a chamar-se Cunha, ou Estância Climática de Cunha. A região é rodeada por montanhas e parques de reserva ambiental como Parque Estadual da Serra do Mar e Serra da Bocaina.

Cunha SP também é conhecida por suas plantações de lavanda que também levam muitos turistas para a cidade. Mas as atrações da cidade não ficam somente ao encargo da natureza exuberante, Cunha oferece várias festas regionais durante o ano.

Para visitar a cidade você pode fazer uma busca de hospedagem em Cunha utilizando este link. Você conseguirá as melhores opções em hospedagem, com o melhor custo benefício, e ainda ajudará o blog De Cá Pra Lá a continuar dando dicas para suas viagens.

 

O fazer em Cunha - Vista das Montanhas
O fazer em Cunha – Vista das Montanhas

 

O que fazer em Cunha SP – Festas Regionais e Religiosas

  • Festas Religiosas: com procissões, bingos e barracas de comidinhas, são várias ao longo do ano; Festa do Divino, que ocorre em junho; Corpus Christi, que ocorre no mês de maio ou junho; Festa de Nossa Senhora da Conceição, a padroeira da cidade e ocorre no dia 8 de dezembro.
  • Festas Regionais e Culturais: Festival de Verão e Fuscunha, Carnaval de Rua, Cavalaria de São Benedito, Festa do Pinhão, Festival de Inverno “Acordes da Serra”, Festival Gastronômico do cordeiro Serrano, Expocunha, Festival de Cerâmica e Natal Luz.

Muitas festas acontecendo o ano todo, nesta minha visita estava acontecendo a Festa do Divino juntamente com o Festival de Inverno “Acordes da Serra”, o que movimentou muito a cidade. Muitas barracas de comidinhas, bebidas e palco de shows.

No blog De Cá Pra Lá tem um outro post que fala sobre festas culturais, uma delas é o Festival de Inverno de Paranapiacaba, neste post você encontra todas as informações.

 

O fazer em Cunha - Igreja Matriz
O fazer em Cunha – Igreja Matriz

 

O que fazer em Cunha – Pontos Turísticos urbanos

  • Igreja Matriz: é a principal igreja, e fica na parte alta da cidade. É em sua praça que acontecem a Festa do Divino e Festival de Inverno. Para chegar até ela utilize este endereço no GPS – Rua Dom Lino, 73.
  • Igreja do Rosário: fica a três quadras da igreja Matriz, na rua que termina na praça desta igreja. Na praça da Igreja do Rosário há um mirante com uma vista linda das montanhas.
  • Igreja Metodista: um prédio bonito, que fica na rua do calçadão da Igreja Matriz, basta subir esta rua e chegará a igreja Metodista, por lá também há algumas pracinhas e uma linda vista das montanhas.
  • Mercado Municipal: por lá se encontra de tudo um pouco, ervas para chás e temperos, queijos, doces e comidas. O Mercado Municipal fica na rua atrás da Igreja Matriz, na outra esquina.
  • Casa do Artesão: uma construção imponente que fica na Rua José Arantes Filho, 27, na parte baixa da cidade. Por lá você encontra artesanatos de todos os tipos, telas pintadas por artistas locais e as famosas cerâmicas de Cunha. Ao lado da casa do artesão também há outros ateliês de cerâmicas para serem visitados, e as atendentes indicam outros tantos ateliês. Em frente a Casa do Artesão há um parque muito bonito, vale um passeio e algumas fotos.

 

O fazer em Cunha - Igreja do Rosário
O fazer em Cunha – Igreja do Rosário

 

O que fazer em Cunha – Pontos turísticos Rurais

  • O Lavandário: localizado a aproximadamente 8 km do centro de cunha, pela estrada Cunha-Paraty. É uma plantação de lavandas onde é possível tirar lindas fotos. O valor da entrada é de R$ 10,00 por pessoa. Para subir com o carro e estacionar dentro do lavandário o valor é de R$ 50,00 por carro.
  • Fazenda Aracatu: um misto de loja de queijos, pães e doces com museu de objetos antigos. A loja é muito bonita com decoração rústica e com guloseimas deliciosas. Fica a 9,5 km a partir do centro pela estrada Cunha-Paraty, fica na beira da estrada e tem estacionamento.
  • Parque Estadual da Serra do Mar: o parque fica a 28 km do centro de Cunha, pela estrada Cunha-Paraty. Destes 28 km,  20 km são por uma estrada de terra bem conservada. Saindo da Igreja Matriz, a 8 km haverá a placa indicando a entrada para o parque. A entrada no parque é gratuita.
  • Oficina de Lã: um lugar simples, mas interessante para ver como funcionavam os teares manuais, a tecelã ainda utiliza o tear manual e demonstra como o trabalho era feito.

O fazer em Cunha - O Lavandário

 

  • Contemplário: uma plantação de lavandas, com vários pontos de contemplação e jardins bem cuidados. A entrada é gratuita. Localizado a 15 km do centro, pela estrada Cunha-Paraty. Em 13 km, haverá uma placa da Pousada Barcelos, o Contemplário fica nesta entrada. O caminho tem calçamento de pedras.
  • Pedra da Macela: no alto da montanha você terá uma vista espetacular da cidade de Paraty, do mar e um lindo por ou nascer do sol. A entrada é gratuita, a porteira fica fechada, mas ao lado há uma entrada do tipo passa-um, entre por ela. O caminho também é pela estrada Cunha-Paraty, fica a 26 km partindo do centro da cidade. Destes 26 km, 5 km são por estrada de chão muito acidentada, com muitas pedras e buracos, um carro baixo terá dificuldades para passar. A trilha até o alto da montanha tem nível difícil.

Neste texto sobre o que fazer em Gramado, falo sobre o lavandário de lá, lindo também.

 

O fazer em Cunha - Contemplário
O fazer em Cunha – Contemplário

 

Onde comer em Cunha SP

A cidade possui vários restaurantes dos mais sofisticados aos mais simples em sistema self service. Todos com comida de ótima qualidade.

Vou deixar aqui para vocês a dicas de alguns lugares que conheci e que gostei muito.

  • Restaurante Dona Dita: montado em um antigo casarão, fica no calçadão ao lado da Igreja Matriz no centro da cidade. A comida é servida no sistema self service a R$ 35,00 o quilo, ou R$ 25,00 para servir-se a vontade, quantas vezes conseguir…rs. Eu e meu namorado preferimos  a comida por quilo. Os dois pratos e um refrigerante saíram por R$ 35,00.
  • Pizzaria TJ: localizada a 130 metros da Igreja Matriz, Rua. Dr. Casemiro da Rocha, 179. É um lugar simples mas com uma enorme variedade de sabores de pizzas. A massa é fina e crocante no ponto certo, muito bem recheada. O atendimento é simples, mas muito atencioso. Uma pizza meio cinco queijos, meio escarola custou R$ 35,00 com 8 pedaços.
  • Restaurante São Miguel: localizado a 2 km antes de chegar ao Parque Estadual da Serra do Mar. Fica no alto de um morro e é especializado em trutas. Os pratos são feitos na hora, pois por ser afastado da cidade eles preparam a comida conforme demanda de clientes. O valor dos pratos varia de R$ 85,00 a R$ 100,00 e servem duas pessoas. Pedimos a Truta ao molho de Amêndoas, é servido com salada, arroz branco, feijão e purê de batatas. Delicioso o prato.
  • Barraca de Pastel da Festa do Divino: como estava acontecendo a Festa do Divino e de Inverno na cidade, no calçadão da Igreja Matriz havia várias barracas de comidinhas. O pastel era maravilhoso, tinha somente uma de pastel. As barracas estão por lá somente aos finais de semana e feriados durante a festa.
  • Doceria da Cidinha: não deixe de experimentar os doces da Cidinha, é uma doceria super charmosa com doces maravilhosos. Ela fica na rua lateral da Igreja Matriz, do lado direito da Igreja.
Parque Estadual da Serra do Mar
Parque Estadual da Serra do Mar

 

O Que Fazer em Cunha – Observações Finais

A cidade de Cunha é simples, mas tem várias opções de passeios, principalmente ao ar livre. Fiquei por lá 3 dias, mas terei que voltar para conhecer o que ficou faltando.

Lembre-se sempre ao fazer passeios na natureza de ter os seguintes cuidados:

  • Use protetor solar;
  • Leve um repelente de insetos;
  • Não esqueça de levar alguns lanchinhos leves;
  • Leve um bom suprimento de água;
  • Use calçados bem presos aos pés e com solas de borracha, como tênis, por exemplo;
  • Tenha atenção redobrada ao caminhar por terrenos acidentados, altos ou cachoeiras;
  • Carregue seus lanches, água e outros pertences em mochilas penduradas nas costas, para que você tenha as mãos livres para segurar-se ou apoiar-se e ter mais segurança;
  • E não esqueça de cuidar também do ambiente que você está visitando, para que ele continue lá com toda sua beleza para outros conhecerem e para quando você quiser voltar também. Para isso, leve uma sacola para guardar seu lixo e trazê-lo de volta.

 

Vista da Pedra da Macela
Vista da Pedra da Macela

 

Caso precise alugar um carro para sua viagem, utilize este link para fazer sua pesquisa. Você terá a melhor cotação, de várias locadoras diferentes. Fará economia na sua locação e ainda ajudará o Blog De Cá Pra Lá a continuar dando dicas para sua viagem.

Fonte histórica: Prefeitura de Cunha.

Foi assim que aproveitei meu feriado aqui em São Paulo, conhecendo esta linda cidade do interior. Espero que estas dicas sobre o que fazer em Cunha lhe ajude a montar seu roteiro para o próximo feriado que vem por aí. Gostou destas dicas? Então siga o blog no Facebook, Instagram e Pinterest para saber mais novidades. Ficou com alguma dúvida? Quer ajuda com seu roteiro? Deixe seu comentário aqui, terei prazer em responder. Até o próximo post.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Pin It Share 0 LinkedIn 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×
Seguir Alessandra Lima:

SEO e Redatora

Sou Alessandra, uma pessoa apaixonada por viagens. Sou formada em Comércio Exterior e escrevo o blog De Cá Pra Lá desde 2014. Adoro ler e tirar fotos, principalmente das paisagens dos novos lugares que conheço. Seja bem vindo ao blog De Cá Pra Lá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *