O que fazer na Suíça no Inverno: Turismo em 7 cidades

A Suíça é um país com paisagens de montanhas, com geleiras em seus cumes, lagos e muito verde. Neste texto sobre o que fazer na Suíça, vou contar a você como foi minha visita ao país no inverno.

Esta viagem foi realizada de carro, as estradas do país são tranquilas, bem sinalizadas e em perfeitas condições.

No percurso deste roteiro não encontramos neve nas estradas, apesar de temperaturas bastante baixas.

Além disso, as paisagens que são avistadas durante a viagem fazem o passeio ainda mais incrível.

Lembre-se, para entrar em países da Europa, é obrigatório o Seguro Viagem, então, não esqueça de contratar o seu. Utilize o cupom DECAPRALA5 ganhe 5% de desconto em seu seguro.

 

Estradas da Suíça - O que fazer na Suiça
Estradas da Suíça

 

O que fazer na suíça

A Suíça tem inúmeras cidades que oferecem diferentes tipos de passeios aos turistas que as visitam.

Claro, que o mais buscado no país, são as estações de esqui, mas também é possível fazer outras atividades em suas cidades.

No verão é possível fazer trilhas, andar por seus parques naturais, e conhecer lugares que são considerados Patrimônio Mundial pela Unesco, que contam a história de como o país foi formado.

Sem contar as delícias da culinária, como a fondue, imperdíveis, mesmo tendo este prato servido aqui no Brasil, eu recomendo experimentar a de lá.

Então, vamos as cidades que visitei e dicas sobre o que fazer na Suíça.

O que fazer em Montreux

Uma cidade de beleza ímpar. Localizada às margens do Lago de Genebra, e cercada pelos Alpes nevados, se você apenas tirar um dia para caminhar pela orla do lago, já ficará encantada com a cidade.

Às margens do lago há uma orla, com gramado e muitas flores diferentes, além, de esculturas feitas nos arbustos.

Além disso, há vários pontos que podem e devem ser visitados, um pouco mais distante da orla do lago.

Fiquei apenas dois dias em Montreux, então, concentrei meus passeios na orla do Lago, também visitei o Castelo Chillon, que fica a beira do Lago de Genebra.

Nele você terá a oportunidade de conhecer salas reais, com moveis utilizados por seus residentes, além de calabouço e pequenas janelas com vistas lindas para o lago e os Alpes.

Nesta dica sobre o que fazer na Suíça, em Montreux, você ainda encontrará um passeio de trem pelas montanhas da cidade, até o monte Rocher-de-Nayer.

Para fazer este passeio de trem, você sobre o morro pelo funicular, que é gratuito, então, na estação de trem compra sua passagem para Rocher-de-Nayer.

No meu caso fui somente até a estação Haut-de-Caux, que já lhe proporcionará uma vista linda da cidade, do lago e parte dos Alpes.

Caso visite a cidade no verão, poderá fazer o passeio no Trem do Chocolate, que levará até a fábrica da Nestle em Vevey.

Deve ser um passeio maravilhoso, mas o Trem do Chocolate funciona somente no verão, eu visitei Montreux no inverno.

Nos meses de junho e julho, se estiver visitando a cidade, terá a oportunidade de participar do Festival de Jazz de Montreux.

Onde se Hospedar em Montreux: Em Montreux, fiquei hospedada no Hotel Bom Port, que fica próximo a orla do Lago de Genebra, ótima localização e custo benefício.

 

Montreux - Suíça
Montreux – Suíça

 

O que fazer Lausane

Além, de conhecer Montreux, é possível também, conhecer duas cidades vizinhas, uma delas é Lausane.

Lausane está localizada também, às margens do Lago de Genebra, minha visita a cidade foi rápida, fiquei apenas algumas horas por lá.

Mas, somente uma caminhada por suas ruas já é suficiente para se encantar por ela. Construída sobre montanhas, e tendo o Lago de Genebra aos pés, Lausane tem um centro histórico com catedrais e construções lindíssimas.

De alguns pontos da cidade é possível admirar a vista da cidade e do lago. Um exemplo disso é o Castelo Saint Maire. Ele tem um pátio que dá uma vista bonita da cidade inclusive, é um bom ponto para assistir ao pôr do sol.

Lembrete importante caso você esteja de carro, o centro histórico de Lausane não permite circulação de veículos.

 

Lausane - Suíça - O que fazer na Suíça
Lausane – Suíça

 

O que fazer em Vevey

No caminho entre Montreux e Lausane, fica Vevey, outra cidade vizinha e mais uma opção do que fazer na Suíça.

Vevey é o local onde fica a fábrica da Nestle e museu da alimentação. Neste museu você encontrará as várias culturas alimentares de vários países.

O museu está localizado a beira do lago, para encontrá-lo, basta encontrar o Garfo Gigante, dentro do lago, ele fica bem em frente ao museu.

Claro que não é somente isso que existe de passeio em Vevey, este foi o ponto que utilizei para minha passagem pela cidade, que também foi rápida.

Além disso, andar pela orla de Vevey é um passeio lindo. Próximo ao Lago, e ao museu, você encontrará locais para estacionar, mas é necessário fazer o pagamento do estacionamento nos parquímetros. Caso o parquímetro onde você estacionar não estiver funcionando, procure algum oficial para resolver o problema. Desta forma, não levará multa, como aconteceu comigo.

 

Vevey - Suiça
Vevey – Suiça

 

O que fazer em Lucerna

A cidade de Lucerna me encantou, primeiro porque, meu objetivo era conhecer o Monte Pilatus.

E este foi o primeiro ponto turístico da cidade que visitei, e foi um passeio maravilhoso, com vistas lindas da cidade.

Segundo, porque ela me surpreendeu em vários aspectos, por ser uma cidade que junta a modernidade com o histórico, por seu lago que atravessa em meio a cidade, suas praças e igrejas lindas.

No centro de seu lago, em meio a cidade, já existem dois pontos turísticos, a Ponte da Capela construída em madeira, que é a mais antiga existente.

E a grande caixa de água Water Spike, que foi construída para manter o nível do lago, evitando enchentes.

Além disso, caminhar pela cidade irá lhe proporcionar muitos pontos interessantes para conhecer, como o Monumento ao Leão, em homenagem aos mortos durante o ataque da Tulherias em 1792.

Outro ponto interessante é a Capela Jesuíta do século XVII, uma das primeiras construções em estilo barroco da Suíça.

Sem contar, o comércio da cidade com inúmeras lojas de roupas, calçados, artigos de decoração e, claro, relógios. A Brucherer, é mais famosa e antiga relojoaria da cidade.

Onde se Hospedar em Lucerna: Em Lucerna me hospedei no Ibis Budget Luzern City, um hotel localizado a pouco mais de 800 metros da Ponte da Capela. Ótimo custo benefício.

 

Lucerna - O que fazer na Suíça
Lucerna – Suíça

 

O que fazer em Interlaken

Meu objetivo na parada em Interlaken era conhecer o Monte Jungfraujoch, que uma das montanhas mais altas da região.

Com 3454 metros de altitude, chegar até seu cume é possível através de um passeio de trem que parte da Estação Jungfraubahn.

Durante o passeio o trem vai parando em pequenas vilas morro acima, com vistas lindas.

Mas, infelizmente, este passeio ficou só na vontade, pois o percurso era longo demais, e eu não tinha tempo suficiente.

Então, fica a dica, faça uma visita mais longa a Interlaken para conseguir fazer a viagem até Jungfraujoch.

Mas, se como eu você tiver apenas algumas horas livres e estiver na região, de uma paradinha na cidade.

A paisagem ao redor, vale muito a pena ser admirada. Ruazinhas e construções lindas, bares e restaurantes bem pitorescos.

 

Interlaken - Suíça
Interlaken – Suíça

 

O que fazer Berna

Alguns dizem que a Suíça não possui capital, porém Berna é conhecida como a capital do país. A cidade é dividida em parte baixa e alta. Os pontos turísticos mais procurados ficam na parte alta.

Passeio em torno de 8 horas na cidade, em parte meu passeio foi focado em andar por suas ruas e admirar suas construções.

Berna não é uma cidade fácil de estacionar carros, então utilizamos o estacionamento do cassino, que também fica na parte alta da cidade.

E de lá parti para a caminhada pela cidade. Um dos pontos que estavam em meu roteiro era a Torre do Relógio que tem 600 anos e mostra horas, tempo e as posições do zodíaco.

A cada hora, o relógio mostra um show com galos, bobos da corte e ursos dançantes.

Berna oferece a seus visitantes inúmeros museus, sendo um deles a casa onde morou Einstein.

Além disso, a cidade oferece cerca de 6 km de arcadas, e nelas, inúmeras lojas, algumas subterrâneas, um passeio bem interessante.

A Casa do Parlamento também, merece uma visita, pois é uma das construções que mais chamam atenção na parte alta da cidade.

Há também, o platô, onde encontra-se a estátua do urso, e de onde é possível ter uma linda vista da cidade baixa, do lago e do pôr do sol.

Caminhar pelas ruas de Berna, já será suficiente para se apaixonar pela cidade, que é outra opção do que fazer na Suíça.

 

Berna - O que fazer na Suíça
Berna – Suíça

 

O que fazer em Genebra

Genebra é tida como uma das cidades com o melhor índice de qualidade de vida do mundo. É uma cidade muito importante, pois é lá que se encontram várias sedes de órgãos como ONU e OMS.

No blog, há um texto falando sobre os passeios possíveis para se fazer em Genebra. Abaixo deixarei a lista dos passeios também.

  1. Ilha de Rousseau: nome dado em homenagem ao filósofo Jean-Jacques Rousseau;
  2. Jet d’Eau: a fonte mais alta do mundo;
  3. Bain de Paquis: uma praia no lago;
  4. Relógio de Flores: que muda sua coloração conforme a estação do ano;
  5. Templo de Madallaine: construção do século XV;
  6. Catedral de Saint Pierre: construída no século VI;
  7. Museu de Arte e História: um edifício maravilhoso;
  8. Igreja Ortodoxa Russa: com suas cúpulas douradas;
  9. Sede da ONU: pura sofisticação;
  10. Broken Chair: escultura gigante em frente à Sede da ONU.

Com exceção dos dois últimos pontos turísticos, todos os outros 8 estão em uma única área, próxima ao Lago de Genebra.

Visitei todos estes lugares caminhando, pois são todos muito próximos uns dos outros. E esta é mais uma cidade com lindas construções em seu centro histórico.

Sem contar, as ruas que são fechadas para passagem de veículos onde cafés, bares e restaurantes colocam suas mesas nas calçadas e você pode petiscar algo, apreciando as belas construções.

Para chegar aos dois últimos pontos, estando no centro histórico, pegue o ônibus da linha 8 na Rue du Rhône. Os ônibus em Genebra são gratuitos.

Onde se hospedar em Genebra: Em Genebra me hospedei no Ibis Genève Petit Lancy, um hotel excelente e com ótimo custo benefício. Localizado a poucos metros do ponto de ônibus.

 

Genebra - Suíça
Genebra – Suíça

 

Dica para manter-se conectado na Suíça

Viajar para fora do país, sempre causa alguns problemas quando o assunto é conexão com a internet.

Todos gostamos de ficar conectados com nossas famílias e amigos. Além disso, ter a possibilidade de postar as fotos dos destinos nas redes sociais, também é um desejo.

Sem contar que estando conectado o tempo todo em sua viagem, você poderá consultar seu roteiro personalizado, seguir rotas em mapas para saber o que fazer na Suíça e pesquisar mais informações sobre o destino.

Mas, usar o roaming do celular vai gerar um custo alto, ou depender da internet wifi dos hotéis e restaurantes nem sempre resolve a situação.

Uma sugestão é levar o chip internacional daqui do Brasil, e já chegar conectada no destino. Eu sempre compro um chip de celular aqui e levo comigo.

É super prático, basta desligar o celular durante o voo e trocar os chips. Quando ligar novamente o aparelho, ele já estará conectado.

Lembrando que, mesmo que seu aparelho seja de duplo chip, retire o chip de sua operadora.

Então, basta ligar novamente o aparelho, acionar o sistema de roaming, para que, ele passe a funcionar normalmente.

Além disso, seu whats app permanecerá com seu número de telefone do brasil, sendo assim, você poderá continuar utilizando seus contatos.

 

Estradas da Suíça - O que fazer na Suíça
Estradas da Suíça

 

Segurança durante a Viagem na Suíça

Outro ponto importante a pensar na programação de sua viagem à Suíça, é com a segurança e saúde. Inclusive o Seguro Viagem é uma exigência para entrada na Europa.

Desta forma, é aconselhável contratar um Seguro Viagem Internacional. Não temos como prever imprevistos de saúde na viagem.

Então, é melhor prevenir, que arcar com custos elevados por causa de algum problema de saúde durante sua viagem. Normalmente os hospitais e consultas médicas fora do Brasil são caríssimos.

Conheço casos de amigos, que tiveram custos em torno de 25.000,00 Euros com despesas médicas.

Portanto, investir menos de R$ 200,00 para evitar problemas, é bastante razoável. Sem contar, que o seguro viagem internacional tem outras coberturas, além da parte médica.

Os contratos preveem despesas com cancelamento e atraso de voos, extravio de bagagem, traslado e viagem de familiar para apoio, entre outros imprevistos.

Outra dica importante, sempre deixe copias do contrato de seguro viagem com algum familiar no Brasil. Deixe em destaque os números de contato, caso seja necessário acionar o seguro, em ambas as copias.

Tenha também, seus contratos salvos no celular, em um e-mail que você consiga acessar facilmente online. Leve estes documentos, e comprovantes de hospedagem, passagem de retorno, também impressos. Inclusive durante a viagem, em sua bagagem de mão, caso seja solicitado na imigração.

Para contratar um seguro viagem, você pode utilizar a plataforma da SegurosPromo, um parceiro do Viagens de Cá pra Lá.

Uma plataforma totalmente segura, onde você encontrará um comparativo de várias seguradoras, com os melhores custos benefícios.

E com o cupom DECAPRALA5, você consegue um desconto de 5% em qualquer plano. Além disso, pagando em boleto, terá mais 5%. E aproveite seu roteiro e estas dicas sobre o que fazer na Suíça, com toda segurança e conforto.

 

Estradas da Suíça
Estradas da Suíça

 

Visto para entrar na Suíça

A Suíça também assinou o tratado de Schengen, o que significa que para entrar na Suíça, não é necessário visto.

Basta um passaporte válido e seguro viagem. Mas é sempre bom levar também impresso, suas reservas em hotéis, voo de retorno, caso seja solicitado na imigração.

Dicas para economizar com Passagens Aéreas

As passagens aéreas são uma parte que impacta consideravelmente o custo de uma viagem para a Suíça. Claro que não é o maior custo, normalmente hospedagem e alimentação costumam ser os maiores valores.

  1. Para conseguir melhores valores para sua passagem a primeira dica é ter flexibilidade nas datas de sua viagem. O ideal seria marcar suas férias no período que conseguir a passagem mais em conta, mas sei que nem sempre isso é possível;
  2. A segunda dica, é começar a fazer buscas das passagens com ao menos 5 meses de antecedência;
  3. Terceira dica é criar nos mecanismos de buscas, alertas sobre alterações dos valores das passagens para o destino escolhido;
  4. Por fim, algo que ajuda a reduzir o valor das passagens, é comprar a chegada e partida pela mesma cidade. Vou dar dicas de como organizar o roteiro.

Há vários mecanismos de busca de passagens que você pode utilizar na hora de montar seu roteiro. Eu normalmente utilizo o Passagens Promo, Skyscanner, Google Flights e Melhores destinos.

 

Estradas da Suíça
Estradas da Suíça

 

Dinheiro na Suíça

A Suíça, não faz parte da União Europeia, portanto, sua moeda não é o Euro, mas sim o Franco Suíço, uma moeda que já foi muito mais valorizada que o Euro.

Mas, hoje o Franco Suíço está com cotação em torno de R$ 4,26.

Inverno na suíça

As temperaturas durante o inverno na Suíça são bastante baixas, em pontos altos, como Monte Pilatus, pegamos temperaturas negativas.

O importante é agasalhar-se corretamente. Portanto, minha sugestão é usar uma segunda pele, camisetas de malha de algodão, que ajudam a aquecer, meias de lã, ou calçados forrados de lã.

Casacos e calças impermeáveis, também são aconselháveis, pois caso neve, estas peças pegando umidade, não passarão para seu corpo.

Casacos de fleece, também ajudam a aquecer, pois, tanto ele, quanto a segunda pele, não deixam seu corpo perder calor.

Dicas para viajar de carro pela Suíça

Apesar de muitas cidades da Suíça terem zonas que proíbem a circulação de carros, ele ajuda bastante para fazer um roteiro como este.

Pois, você terá maior liberdade de horários, poderá mudar de ideia quanto, ao destino escolhido e poderá aproveitar melhor os lugares.

Já que, não precisará cumprir horário dos ônibus e trens comerciais.

Além disso, as estradas da Suíça são muito bem conservadas e sinalizadas, mesmo trechos que pegamos a noite, foram tranquilos.

Então, para fazer este roteiro e conhecer estas cidades sugiro que você alugue um carro, desta forma terá maior autonomia durante sua viagem.

 

Monte Pilatus - Lucerna - Suíça
Monte Pilatus – Lucerna – Suíça

 

Conclusão

Estas são algumas dicas sobre o que fazer na Suíça, minha viagem para o país foi no inverno, e sim, é bastante frio.

Mas, posso dizer que algumas cidades francesas estavam mais frias, como Chamonix Mont Blanc, por exemplo.

O país é muito bonito, com paisagens montanhosas, picos nevados, campos com casas típicas de madeira ou pedras, valeu cada momento de frio.

Sim, pois há momentos que mesmo casacos próprios para neve, não seguram o frio, mas ainda assim, valeu a pena.

Além, destas cidades, a Suíça oferece inúmeras outras, que preservam as características medievais, e no verão é possível fazer trilhas em meio a natureza.

Cada uma destas cidades citadas aqui, têm seu centro histórico, com construções antigas, museus que guardam e contam esta história e que, merecem ser visitadas.

Minha viagem a Suíça, foi tipo, um menu degustação, conheci um pouquinho de cada cidade e já sei que quero voltar a várias delas e ficar mais tempo.

Outra viagem que quero muito fazer pela Suíça é desbravar o país de trem, deve ser uma viagem inesquecível.

Enquanto vou sonhando com a próxima viagem, deixo para você estas dicas sobre o que fazer na Suíça. Espero ter ajudado a montar um roteiro inesquecível para sua viagem. Caso precise de ajuda, entre em contato. Gostou destas dicas? Então, siga o blog no Facebook, Instagram e Pinterest para saber mais novidades. Ficou com alguma dúvida, ou tem outras sugestões, deixe aqui embaixo seu comentário, será um prazer responder. Até o próximo post.

10 Responses

  1. Cynara Vianna

    A Suíça é um país que pretendo visitar com calma, quero que seja um roteiro exclusivo pra lá, fico encantada com as paisagens que vejo. Adorei as dicas.

    • Alessandra Lima

      Olá Cynara, tudo bom?
      Realmente a Suíça merece um roteiro só para ela.
      É um país lindíssimo.
      Obrigada por comentar.
      Abraço,
      Alessandra.

  2. Angela C S Anna

    eu amei conhecer Vevey, foi um destino inesperado e que me supreendeu muito! fui em junho e estava tudo verdinho, sem falar na comida q eh divina!

    • Alessandra Lima

      Oi Angel, tudo bem com você?
      Vevey é linda, algo que me impressionou na viagem a Suíça, é que mesmo no inverno, fui em janeiro, o verde dos campos que não estavam cobertos de neve,eram realmente de um verde incrível.
      Obrigada por comentar.
      Abraço,
      Alessandra.

  3. Gisele Rocha

    Vevey é onde fica a fábrica da Nestle? Então é pra lá que quero ir! Hahaha
    A Suíça é um país muito lindo! Fui em 2012, quando o Real ainda valia alguma coisa. Retornar é um sonho distante, então fico lendo posts para matar a saudade.

    • Alessandra Lima

      Olá Gisele, tudo bem?
      Sim, a fábrica da Nestle fica em Vevey, e tem até passeio de trem para conhece-la.
      Também tenho muita saudade da Suiça, país maravilhoso.
      Obrigada por comentar.
      Abraço,
      Alessandra.

  4. Camila Latorre

    Adorei saber da regiao de Berna e Lucerna, já estavam nos meu planos, mas tinha uma ideia de que nao iria aproveitar no inverno e acabei desistindo. Todas essas cidades que voce mencionou falam o frances ou algumas falam alemão?

    • Alessandra Lima

      Olá Camila, tudo bem?
      Bem complicado responder essa pergunta…rs
      O país possui 4 idiomas, e cada um é falado em uma região do país, alemão (região norte, leste e central), francês (região oeste), italiano (região sul) e romanche (dialeto falado em poucos lugares).
      Mas o inglês ajuda bem na comunicação em geral.
      Espero ter ajudado.
      Obrigada por comentar.
      Abraço,
      Alessandra.

  5. Martinha

    Oi Alessandra.. Amei o post da Suíça no inverno.. Eu amo o inverno e amaria ainda mais a Suíça se ela fosse mais baratinha.. hahahah.. de todas, não conheço Vevey, mas já quero!! =)

    • Alessandra Lima

      Olá Martinha, tudo bem com você?
      Realmente, a Suíça é linda e cara…rs
      Vevey é uma lindeza.
      Obrigada por comentar.
      Abraço,
      Alessandra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *