Praia do Sono em Paraty: Roteiro de 4 dias no paraíso

postado em: Praia do Sono | 0

A Praia do Sono em Paraty faz parte da APA Cairuçu – Área de Preservação Ambiental de Cairuçu. A vida nesta terra de areias brancas e águas cristalinas iniciou-se com 220 famílias que viveram ali até a década de 1970, quando foi aberta a Rodovia Rio-Santos.

Até então, as famílias viviam da produção do próprio alimento e com a pesca artesanal. Porém, com a construção da rodovia, investidores convenceram as famílias a deixarem suas terras oferecendo uma indenização, restando apenas 17 famílias que continuaram lutando por suas terras e sua preservação.

Hoje, existem na Praia do Sono 60 famílias que fazem o cultivo da mandioca, produzindo farinha em uma casa de farinha mantendo assim a tradição alimentar. A economia local atualmente gira em torno do turismo que ocorre em épocas específicas, como férias de verão e feriados prolongados.

As hospedagens do local são formadas por algumas pousadas, algumas casas de temporada e várias áreas de camping. Esta vila caiçara é bastante segura, além de garantir muita tranquilidade para relaxar.

Neste texto sobre a Praia do Sono em Paraty você conhecerá as maneiras de chegar até a ilha, as atrações existentes no local e ver suas belezas.

Leia Também:

O que fazer em Paraty

Praias de Ubatuba

Praia do Litoral Norte de São Paulo

 

Por do Sol - Praia do Sono Paraty
Por do Sol – Praia do Sono Paraty

 

 

Roteiro de Viagem Personalizado

 

Como chegar à Praia do Sono em Paraty

O acesso à Praia do Sono em Paraty é feito a partir do bairro Laranjeiras no distrito de Trindade. Ali você encontra vários estacionamentos, que fora da temporada têm o custo de R$ 50,00 a diaria, um pouco mais à frente há outros lugares para estacionar o carro que tem um custo um pouco menor de R$ 25,00 (valores de setembro de 2021).

Este local não é exatamente um estacionamento, são ruas mais tranquilas fora do condomínio onde há “flanelinhas”. Eu e minhas amigas conseguimos parar no quintal da casa de um pastor, a vantagem é que este “estacionamento” fica bem perto da trilha para a Praia do Sono.

Como chegar de carro à Trindade

Saindo de São Paulo, há a possibilidade de seguir pela Airton Sena, Carvalho Pinto e Oswaldo Cruz que normalmente não têm tanto trânsito. Outra opção é seguir pela Rodovia dos Imigrantes e pegar a Rio-Santos, neste caminho você tem vistas maravilhosas do litoral norte de São Paulo, mas a probabilidade de ter grandes trechos de congestionamento é grande. Sem trânsito a viagem leva em torno de 4h30.

Saindo do Rio de Janeiro existem 3 opções para chegar a Praia do Sono em Paraty, uma delas é a mais demorada, são quase 5 horas de viagem, segue pela Dutra e pega um trecho da Rio-Santos. A segunda opção é seguir pela Carvalho Pinto e depois sair na Rio-Santos, ou, Dutra, Carvalho Pinto e Rio-Santos, ambas com 4h30 de viagem, mais ou menos.

Aluguel de Carros: a RentCars te ajudará, fazendo um comparativo das melhores locadoras em todo o mundo, mostrando o melhor custo benefício.

 

 

Como Chegar a Praia do Sono de ônibus

Para visitar a Praia do Sono de ônibus, é preciso fazer o trajeto até Paraty, partindo do terminal Rodoviário Tietê, em São Paulo, com as empresas Reunidas, ou Primar. Estas companhias têm saídas entre 9h00 e 22h00.

Chegando à rodoviária de Paraty, é necessário pegar um ônibus de linha, o 1040, até a Vila Oratório (Laranjeiras). É importante pedir informações sobre o ônibus ao chegar à rodoviária, pois podem ocorrer mudanças na linha até a data de sua viagem.

Partindo da Rodoviária do Rio de Janeiro, a companhia que faz o trecho até Paraty é a Costa Verde. Com horários de saída entre 4h00 e 20h00, chegando à rodoviária de Paraty,  basta se informar onde pegar o ônibus de linha até Trindade e verificar se continua sendo a mesma linha, 1040.

Como ir à Praia do Sono a partir do Bairro de Laranjeiras

Independentemente de fazer o trajeto até Trindade de Carro, ou de ônibus, ao chegar neste ponto, as formas de chegar à Praia do Sono é por barco, ou por trilha. As embarcações partem do píer localizado no condomínio Laranjeiras, basta perguntar ao pessoal dos estacionamentos como acessar os barcos, tem o custo de R$ 50,00 e leva em torno de 30 minutos de viagem.

Como chegar à Praia do Sono por trilha

A outra opção para acessar a Praia do Sono além do barco, é fazer a trilha que tem em torno de 3 km, com subidas e descidas em meio a Mata Atlântica. Esta trilha tem nível médio de dificuldade, por isso é importante chegar leve ao local.

Para quem pretende fazer a trilha, que é gratuita, é importante levar pouca bagagem, pois o peso dificultará mais a caminhada. Mantenha-se sempre na trilha demarcada, que é muito fácil de seguir, e tenha atenção por onde pisa. No último trecho da trilha, chegando à praia, a vista do alto é linda, este ponto fica na última subida da trilha, onde há a escada para descer pro Sono.

 

Vista da Praia do Sono a partir da Trilha
Vista da Praia do Sono a partir da Trilha

 

O que fazer na Praia do Sono em Paraty

A Praia do Sono é um lugar paradisíaco, muito sossegado, com poucas pessoas, principalmente na baixa temporada (estive lá em setembro de 2021), o tempo ali passa mais devagar. Nesta praia existem algumas opções de restaurantes, lanchonetes e bares.

Esta vila Caiçara oferece também um mini mercado, onde há alguns itens de higiene, limpeza e alimentos. Os preços são compatíveis com a dificuldade que existe na entrega da mercadoria para a vila, mas ajuda em uma emergência.

A Praia do Sono em Paraty oferece inúmeras opções de atividades, principalmente para quem gosta de estar em meio a natureza. Mas para quem prefere só relaxar também há esta possibilidade. É só estender a canga na areia e ficar apreciando aquele mar azul maravilhoso e dar um mergulho. 

Trilha do mirante da Praia do Sono

Além da vista que se tem a partir da última subida da trilha para chegar à Praia do Sono, também é possível ter um visual lindo da praia, a partir do mirante do lado esquerdo. É possível avistá-lo da areia, no alto há uma pequena pérgola.

Para chegar ao mirante é preciso subir muitos degraus, é em torno de 1 km de subida não muito íngreme, e a vista que se tem lá de cima vale cada degrau e cada metro de caminhada. Ele fica no início da trilha para Antigos.

 

Mirante Praia do Sono em Paraty
Mirante Praia do Sono em Paraty

 

Trilha da praia de Antigos

Aproveitei para fazer a trilha de Antigos no mesmo dia que subi até o mirante, pois ficam no mesmo caminho. A distância entre a Praia do Sono e a Praia de Antigos é de 1900 metros, com algumas subidas e descidas, passando por dentro da Mata Atlântica.

A trilha da Praia de Antigos é muito bem demarcada, não há como errar o caminho, além disso existem placas indicando a entrada da praia, assim como a continuação das outras trilhas. Esta praia tem uma faixa de areia extensa, além de pedras que completam o cenário. Águas azuis, com uma temperatura agradável e cristalinas e com muitas árvores em volta.

Por ser uma praia com acesso por trilha, ela é bem tranquila, praticamente deserta, é excelente para aproveitar o mar e relaxar.

Trilha da praia de Antiguinhos

Voltando para a trilha, onde há a placa indicando os outros destinos, é só seguir por mais uns 700 metros e chegará a Praia de Antiguinhos. Esta praia é um pouco menor, mas com uma faixa larga de areia, pedras e árvores ao redor.

Outra praia tranquila com águas cristalinas e com temperatura agradável, muito boa para descansar e relaxar antes de voltar à próxima trilha. Para continuar a trilha basta voltar onde está a placa de Antiguinhos e seguir a indicação.

 

Praia de Antiguinhos
Praia de Antiguinhos

 

Trilha da Praia e Cachoeira das Galhetas

O próximo ponto a ser conhecido na Praia do Sono em Paraty é a Cachoeira e a Praia das Galhetas. Este trecho da trilha até a cachoeira tem 1,2 km, e até a praia são em torno de 300 a 400 metros. A cachoeira das Galhetas fica para o lado esquerdo no final da trilha e a Praia para o lado direito.

Durante todo percurso destas trilhas há placas indicando o caminho a ser seguido e as distâncias até os destinos. 

A Cachoeira das Galhetas tem uma formação rochosa muito bonita com a queda d’água do lado esquerdo e poço onde é possível se banhar. As fotos ali ficam lindas.

Voltando a trilha chega-se a Praia das Galhetas, o caminho passa por uma ponte sobre o rio que forma a cachoeira, uma visão muito bonita também.

Depois de atravessar a ponte, há outro pedaço de trilha onde se caminha por entre árvores e plantas nativas, a praia fica à direita. A Praia das Galhetas é bem pequena, com muitas pedras e é linda. 

Trilha da Cachoeira do Jacaré

Outra trilha possível de ser feita na Praia do Sono em Paraty, é a da Cachoeira do Jacaré. O início da trilha fica dentro da vila, ao lado da igreja, neste ponto há uma placa indicando o caminho. Esta trilha tem nível fácil, com alguns trechos um pouco mais difíceis, por ser necessário passar por um riacho, sobre pedras, portanto é importante estar com as mãos mais livres possível.

Durante o percurso, tanto nesta, quanto nas outras trilhas você encontra outras pessoas, o que dá um pouco mais de segurança. Esta trilha eu fiz sozinha, e em alguns momentos me senti um pouco insegura, mas quando encontrei outras pessoas pelo caminho, fiquei mais tranquila. Ela tem em torno de 1,1 km de distância, é um lugar bonito e tranquilo, bom para meditação.

 

Cachoeira das Galhetas - Praia do Sono em Paraty
Cachoeira das Galhetas – Praia do Sono em Paraty

 

Trilha da Cachoeira do Saco Bravo

A Praia do Sono em Paraty foi o último destino de uma viagem de 10 dias que estávamos fazendo, com várias trilhas. Algumas mais fáceis e outras mais difíceis, e eu estava bastante cansada, então resolvi não fazer a trilha da Cachoeira do Saco Bravo.

Mas esta trilha pode ser feita a partir da Praia do Sono até a Praia de Ponta Negra, seguindo as trilhas de Antigos, Antiguinhos e Galhetas, ou pode-se chegar até Ponta Negra de Barco e fazer somente o trecho até o Saco Bravo.

O valor da viagem de barco até Ponta Negra é de R$ 50,00 cada trecho por pessoa. Chegando a praia é preciso contratar o serviço de um guia, pois não é permitido fazer a trilha do Saco Bravo sozinho.

Para esta trilha fizemos contato com a Fernanda @guia.sacobravo.paraty, que conhece muito bem a região. Esta trilha tem nível avançado de dificuldade, portanto é preciso um bom condicionamento físico para ser feita. Mas apesar das dificuldades vale a pena o sacrifício, o lugar é deslumbrante.

Praia do Sono

Na Praia do Sono em si, também é possível fazer algumas atividades na comunidade caiçara. O contato com os locais dá a possibilidade de conhecer a cultura dos moradores, além de realizar algumas atividades como passeios de canoa e visitar o cerco (método de pesca artesanal), estes passeios podem ser realizados com o pessoal da Pousada Mãe D’Água.

Nestas atividades os visitantes terão a oportunidade de conhecer mais profundamente a cultura local, acompanhando a vida cotidiana e atividades caiçaras. Outra atividade para vivenciar os hábitos tradicionais é estar ao redor da fogueira fazendo peixe assado na folha de bananeira.

Trilha da Praia de Ponta Negra

A trilha da Praia de Ponta Negra é a continuação da trilha de Antigos, Antiguinhos e Galhetas. São em torno de 3,8 km de distância, a trilha não é tão difícil, possui algumas subidas e descidas, de nível moderado.

Por todo o trajeto há placas indicando a direção e as distâncias de um local para outro, assim é fácil fazer a trilha sem guia. Somente a partir de Ponta Negra, caso queira fazer a trilha do Saco Bravo, é necessária a contratação de um guia.

Onde se hospedar na Praia do Sono em Paraty

Minha hospedagem na Praia do Sono em Paraty foi na Pousada Mãe D’Água, que é quem faz os passeios de canoa e a imersão na cultura do povoado. Mas existem outras opções de acomodações, que deixarei os links abaixo. Para contatar a Pousada Mãe D’Água basta entrar neste link.

Outras opções de pousadas na Praia do Sono:

Camping e Chalé do Claudinho: Pousada pé na areia, com ótima avaliação, conta com chalés e espaço para camping.

Chalé Azul Praia do Sono:  Excelente acomodação localizada a 50 metros da praia do sono com ótimas avaliações.

Onde comer na Praia do Sono

Existem algumas opções de bares e restaurantes na Praia do Sono em Paraty, algumas das pousadas também oferecem restaurantes com vários pratos elaborados com peixes, frutos do mar e carnes.

Também existem opções vegetarianas em alguns deles, uma das opções para lanches ou mesmo petiscos e drinks, é a Pousada Mãe D’Água. Os hambúrgueres são elaborados artesanalmente, e também servem cervejas artesanais da região.

Outra opção para petiscos, pratos e drinks, é o Samburá Bar e Restaurante, onde pude experimentar o drink Jorge Amado feito com a famosa Cachaça da região Gabriela.

 

Praia das Galhetas - Praia do Sono
Praia das Galhetas – Praia do Sono

 

Quantos dias ficar na Praia do Sono

Minha estada na Praia do Sono em Paraty foi de 3 noites, portanto tive 4 dias inteiros no local o que me deu a possibilidade de fazer todas as atividades que tinha planejado, e também relaxar na praia. O primeiro dia foi usado no deslocamento, entre a viagem de Paraty até Laranjeiras, a trilha para chegar à praia e para descansar.

Para quem gosta de fazer viagens mais tranquilas, conseguindo aproveitar as atividades e também descansar e relaxar, indico a estadia de ao menos 4 noites, com este tempo será possível fazer as trilhas e também tirar um tempo só para ficar na praia.

Melhor época para visitar a praia do sono

Visitei o Sono no mês de setembro, que foi um período bem tranquilo, não havia muitos turistas e o clima estava bem ameno.

Teve um pouco de chuva, mas nada que tenha atrapalhado fazer as trilhas. Por ser um local com acesso mais difícil, segundo a dona da pousada que fiquei, a Praia do Sono não costuma ter um movimento muito grande durante o ano todo.

Porém, os períodos fora de férias escolares e feriados prolongados são sempre os mais indicados para visitar a praia. Além disso, o índice de chuvas na região também é algo importante a ser levado em consideração. O período menos chuvoso na Praia do Sono é entre os meses de maio e setembro.

 

Cachoeira do Jacaré - Praia do Sono
Cachoeira do Jacaré – Praia do Sono

 

Dicas e cuidados para conhecer melhor a Praia do Sono

Como o acesso à Praia do Sono em Paraty é um pouco mais difícil, existem algumas dicas que podem tornar a viagem mais tranquila.

Caso você pretenda chegar à praia por trilha, a dica mais importante é levar uma bagagem fácil de carregar, e que não esteja muito pesada. Uma mochila é a melhor opção, levando somente itens essenciais, o mesmo vale para quem pretende chegar à praia de barco, pois será necessário caminhar um trecho em areia com a bagagem.

Outro ponto importante a ser levado em consideração, é que a Praia do Sono é em meio a natureza, fazendo parte de parques naturais, portanto é importante levar um bom repelente. Caso você goste de incensos, levar um alguns de citronela também podem ajudar a espantar os pernilongos.

Como é um destino propício para a realização de trilhas, é importante levar um calçado fechado para isto, as melhores opções são: um tênis com solado de borracha ou uma bota de trekking. Chapéus, bonés e protetores solares também são primordiais.

Durante as trilhas procure manter-se no caminho demarcado, sem pisar fora da trilha, isso ajuda na preservação do local, sem agredir outros trechos da mata, e também para sua segurança.

Tenha sempre atenção onde pisa, pois como são trilhas no meio da mata é possível ter algum animal e pode ocorrer algum acidente.

Não retire nada da natureza, nem mesmo uma pedra, pois ela faz parte de um ecossistema e sua retirada pode causar danos à vida na natureza. Preserve os lugares, para termos sempre a oportunidade de voltar a visitá-los.

Outro ponto importante é levar água e lanches para realizar as trilhas, pois as praias que serão visitadas, Antigos, Antiguinhos e Galhetas, não possuem nenhuma estrutura. Lembrando sempre de trazer o lixo que produzir de volta para o descarte adequado.

Conclusão

Visitar a Praia do Sono em Paraty foi uma experiência surpreendente para mim, um destino que não havia entrado em meu radar até então, e que possui muitas belezas. Um local que oferece contato com uma cultura diferente, com um pedaço de Mata Atlântica quase intocado e com atividades ao ar livre.

Fazer trilhas na Praia do Sono, aproveitar o mar azul de águas cristalinas e temperatura amena, com certeza é a melhor forma para relaxar e se libertar do estresse do dia a dia. O contato com os moradores desta vila caiçara, permite conhecer melhor as dificuldades enfrentadas no local e assim, conseguirmos ter mais atenção com nossas ações nos destinos.

Entender que um local como a Praia do Sono enfrenta sérias dificuldades com o manejo dos resíduos produzidos é algo muito importante para construirmos uma consciência sobre nossa produção de lixo. Deixa muito evidente que o “jogar fora” não existe, todos estes resíduos ficarão acumulados em algum lugar, portanto o consumo desenfreado só trará prejuízos para nós mesmos.

Espero que você tenha gostado destas dicas sobre a Praia do Sono em Paraty, um paraíso que merece ser visitado e preservado. Caso necessite de ajuda com seu roteiro basta enviar um e-mail para contato@viagensdecaprala.com.Br ou entrar em contato pelo WhatsApp 11 93045-5202 ou acesse este link. Gostou destas dicas? Então, siga o blog no Facebook, Instagram e Pinterest para saber mais novidades. Até o próximo post.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.