Sicília, conhecendo as terras do Vulcão Etna

postado em: Itália, Sicília | 2

Em 2013 fizemos um cruzeiro pela Europa. É uma boa maneira de conhecer vários lugares com um custo benefício interessante, já que você terá hospedagem e alimentação fornecidas pelo navio e ainda não precisa ficar se preocupando em carregar malas de um lugar para outro. Um hotel de luxo flutuante. A desvantagem é o pouco tempo que você tem em cada cidade.

Viagem de Navio
Viagem de Navio

Um dos lugares que visitamos foi a Sicília, que é a maior ilha do Mar Mediterrâneo, separada da Calábria pelo estreito de Messina. Por sua posição geográfica teve papel importante nos acontecimentos históricos dessa região, rica em monumentos históricos e sítios arqueológicos. O guia nos informou que esta região sobrevive com as águas do degelo do monte Etna, pois a incidência de chuvas é muito rara, chegam a passar anos sem chuva.

Estreito de Messina
Estreito de Messina

Como ficaríamos apenas um dia na região, escolhemos visitar Taormina. Pegamos o ônibus de turismo que contratamos pelo navio e lá fomos montanha acima. A vista que tínhamos enquanto subíamos era maravilhosa.

Vista do caminho para Taormina
Vista do caminho para Taormina

Taormina é uma cidade que fica no alto do monte Tauro, bem ao lado do Vulcão Etna, é uma cidade graciosa, passear por suas ruas com escadarias é como estar de volta ao passado.

DSC04712
Taormina – Corso Umberto

 

Entramos na cidade pela Porta Catânia, seguindo em frente, pela Corso Umberto, chegamos a Praça Duomo onde está a catedral da cidade, uma igreja construída no século XIII em homenagem a San Nicolau de Bari em estilo medieval, Duomo de Taormina.

Fonte praça Duomo
Fonte praça Duomo

 

Continuando pela Corso Umberto você encontrará vários restaurantes e lojas locais e de marcas famosas. Mais a frente encontrará outra praça, onde está a igreja de San Domenico em estilo barroco, de onde se tem uma vista maravilhosa, inclusive do Etna.

Vista do Vulcão Etna
Vista do Vulcão Etna

 

 

Igreja San Domenico
Igreja San Domenico

 

 

 

Vista do Mar Mediterrâneo
Vista do Mar Mediterrâneo

Mais a frente você encontrará o Palacio Corvaja, construção medieval do século X.

Palácio Corvaja
Palácio Corvaja

Ao final da Corso Umberto está a rua que leva ao Teatro Greco, de onde se tem uma vista incrivel da região. Infelizmente não tive tempo de subir ao teatro, tivemos problemas com nosso cartão e perdemos um tempão tentando resolver.

Depois que saímos de Taormina fomos ver o rio de lava, que se formou após a erupção do Vulcão Etna.

Rio de lava – Etna
Rio de lava

 

 

Rio de lava – Etna
Rio de lava – Etna

 

O Vulcão Etna é o mais alto da Europa, com aproximadamente 3343 metro de altitude e continua ativo.

De lá fomos conhecer uma vinícola (Barone de Villagrande), onde pudemos degustar ótimos vinhos, azeitonas e biscoitos deliciosos, além de ter uma bela vista  dos vinhedos e do Etna.

Vinícola Barone de Villagrande
Vinícola Barone de Villagrande

 

 

Vinícola Barone de Villagrande
Vinícola Barone de Villagrande

 

 

 

Vinícola Barone de Villagrande
Vinícola Barone de Villagrande

 

 

No caminho uma situação inusitada, a realização de um casamento no meio da floresta.

Casamento na floresta - aos pés do Etna
Casamento na floresta – aos pés do Etna

Como disse a desvantagem das viagens de navio, é o curto tempo de estadia nas cidades, as vezes não dá tempo para ver tudo, mas valeu a pena.

 

Seguir Alessandra Lima:

SEO e Redatora

Alessandra, é uma pessoa apaixonada por viagens. Formada em Comércio Exterior e escreve o blog Viagens de Cá pra Lá desde 2014. Adora ler e fazer fotos. Buscando sempre lugares inusitados para suas viagens, seu intuito é trazer informações mais completas possíveis para você, Leitor. Seja bem vindo ao blog Viagens de Cá pra Lá.

2 Responses

    • Alessandra Lima

      Olá, que bom que gostou.
      Obrigada.
      Abraços,
      Alessandra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *