O que fazer em Bento Gonçalves 16 lugares para conhecer na cidade

A cidade de Bento Gonçalves está localizada na região nordeste do Rio Grande do Sul. É um importante polo industrial da Serra Gaúcha. Com pouco mais de 114.000 habitantes, é uma cidade com um povo acolhedor e gentil.  Neste texto darei algumas dicas sobre o que fazer em Bento Gonçalves, que apesar de ter um perfil mais industrial, também tem seu lado turístico.

Estive em Bento Gonçalves em agosto de 2017. Confesso que esperava encontrar mais frio. A temperatura durante o dia, é amena, em torno de 17º a  20º. Já pela manhã e a noite a temperatura chega a 10º. E como é uma região que venta muito, isso faz com que a sensação térmica seja menor.

 

Pórtico - Bento Gonçalves
Pórtico – Bento Gonçalves

 

O que fazer em Bento Gonçalves

Há vários pontos turísticos em Bento Gonçalves a serem visitados, mas o pólo turístico está mais concentrado nas áreas rurais do município. Sendo assim, seguem as opções de passeios na cidade, vou começar por algumas vinícolas.

Como conhecer as vinícolas

Estas são três, das muitas vinícolas existentes na cidade, não consegui visitar todas, pois são muitas, visitei somente a Aurora e Miolo.

  • Vinícola Aurora: esta vinícola está instalada dentro da cidade na Rua Olavo Bilac, 500, ao menos uma parte da produção do vinho e suco de uvas. Esta vinícola é uma cooperativa de vários produtores de uva da região. Assim, nela é possível fazer um visita guiada, conhecendo um pouco de sua história e também degustar vinhos e sucos de uva. Todos com muita qualidade. A visita é gratuita e eles possuem também uma loja para compra de seus produtos. As visitas ocorrem de segunda a sábado, das 8h15 às 17h15, domingos das 8h30 às 11h30 para grupos de 10 pessoas. Informações completas no site da empresa.

 

Vinícola Aurora - Bento Gonçalves
Vinícola Aurora – Bento Gonçalves

 

  • Vinícola Miolo: a Vinícola Miolo fica no Vale dos Vinhedos. Hoje se tornou um grande grupo que compreende várias vinícolas, entre elas a Almadém. Nela, também é possível fazer a visita guiada e degustar quatro vinhos produzidos por eles. Esta visita tem um custo de R$ 30,00 por adulto e deve ser agendada pelo site da vinícola.
  • Casa Valduga: vinícola Casa Valduga, também localizada no Vale dos Vinhedos. Segundo informações no site da empresa, foi a primeira a realizar o Enoturismo. Sendo assim, é possível fazer a visitação a vinícola, o ingresso custa R$ 40,00 por pessoa e há a degustação de 5 vinhos produzidos por eles. As visitas são realizadas todos os dias, de segunda a sábado, das 9h30 às 16h30, domingos e feriados das 9h30 às 15h30. Não há agendamento prévio das visitas, elas são realizadas por ordem de chegada e são feitas em grupos de no máximo 30 pessoas por horário.

Precisa de hospedagem em Bento Gonçalves? Faça sua pesquisa por aqui. Além de conseguir a melhor acomodação pelo melhor preço, você ainda ajuda o blog De Cá Pra Lá a continuar dando dicas para sua viagem.

Neste texto falo sobre um lugar aqui perto de São Paulo, onde você pode degustar vinhos também, vem dar uma olhada.

 

Vinícola Miolo - Bento Gonçalves
Vinícola Miolo

O que fazer em Bento Gonçalves na área urbana

  • Pórtico: é o portal de entrada de Bento Gonçalves ponto turístico muito fotografado por turistas. Ele tem o formato de Pipa (barril). Adoro visitar os portais das cidades. Uma curiosidade, na inscrição do pórtico há a mensagem “Você está entrando no mundo do vinho”, e o que não falta por lá são vinícolas com bons vinhos e bons sucos naturais de uva.
  • Igreja Matriz de Cristo Rei: uma igreja imponente construída em estilo gótico e inaugurada em 1954. Endereço Rua Silva Paes, 121.
  • Igreja São Bento: esta igreja homenageia a indústria vinícola de Bento Gonçalves, com seu formato de Pipa (barril). Endereço Rua Henry Hugo Dreher, 577.
  • Monumento ao Imigrante: escultura em Bronze que conta a saga da imigração e o trabalho executado pelos imigrantes em Bento Gonçalves, localizado junto a Igreja de São Bento

 

Monumento ao Imigrante - Bento Gonçalves
Monumento ao Imigrante

 

  • Parque Temático Epopeia italiana: uma encenação sobre a história da imigração italiana em Bento Gonçalves. É emocionante. Aberto na baixa temporada de terça a domingo das 8h00 às 17h45. Na alta temporada, aberto diariamente das 8h00 às 17h45 (julho, novembro, dezembro e primeira quinzena de janeiro). Ingressos na alta temporada – R$ 25,00, na baixa temporada – R$ 23,00. Crianças até 5 anos não pagam (apresentando documento). Endereço Rua Visc. de São Gabriel, 507. Faça sua reserva pelo site.
  • Passeio de Maria Fumaça: este passeio de Maria Fumaça é incrível, vou c ontar a vocês em detalhes num outro texto. São vários roteiros, muito divertidos. Localizado ao lado do Parque Temático Epopeia Italiana.Para agendar seu passeio de Maria Fumaça, a partir de Gramado ou Canela, utilize este link.
  • Memorial do Imigrante: fundado em 1973 em um prédio construído em 1913. Lá são encontrados itens utilizados na época da imigração. Há também exposições temporárias. Aberto de segunda a sexta das 8h00 às 11h30 e das 13h30 às 17h30. Entrada gratuita. Endereço Rua Henry Hugo Dreher, 127. Informações do site da prefeitura de Bento Gonçalves.
  • Casa de Artes: galeria de artes localizada ao lado do Memorial do Imigrante. Nela são expostos quadros e esculturas de artistas locais. Aberto de segunda a sexta das 8h00 às 11h45 e das 13h30 às 17h45. Entrada Gratuita.

 

Parque Temático Epopeia Italiana
Parque Temático Epopeia Italiana

 

O que fazer em Bento Gonçalves na área rural

  • Caminhos de Pedra: uma via que corta a área rural, onde você encontra vinícolas, produtores de derivados de ovinos, restaurantes e lojas de artesanato. Mas, o Caminhos de Pedra merece um texto mais completo, em breve estará no blog também. É possível também comprar o tour para o Caminhos de Pedra.
  • Vale dos Vinhedos: uma rota turística pela área rural de Bento Gonçalves, onde são encontradas várias vinícolas, cooperativas de vinho, e restaurantes, hotéis e pousadas. Este tour pelo Vale do Vinhedos, levará às principais vinícolas, para ter experiências incríveis.
  • Rota Rural Encantos de Eulália: nesta rota são encontrados restaurantes, vinícolas, capelas antigas e um parque de aventuras com passeios de quadriciclo, tirolesa, arvorismo e muito mais. Um roteiro de gastronomia e aventuras. Além disso, lá também é encontrada a antiga sede da cooperativa vinícola Aurora. Os restaurantes por lá, têm atendimento por agendamento, veja aqui as opções.
  • Roteiro Vale do Rio das Antas: por este roteiro você encontrará o Mirante da Ferradura que tem uma vista linda do vale e a Ponte dos Arcos, uma linda construção. Ao mesmo tempo, por lá está a Vinícola Salton, uma acachaçaria, restaurantes e pousadas. Para seu conforto é possível contratar um tour pelo Vale do Rio das Antas.
  • Rota Cantinas Históricas: nesta rota além de cantinas, você encontrará o Museu do Vinho na Vinícola Dal Pizzol, com visita guiada e degustação. Além disso, encontrará também o Armazém das Cantinas Históricas com produtos coloniais. Vistamontes, onde você conhecerá o processo de elaboração de sucos de uva e poderá fazer degustação.

No blog Casa de Doda, da Márcia Silveira Pessoa, tem dicas super legais sobre o Vale dos Vinhedos, dá uma olhada.

Vai viajar e em sua viagem vai fazer atividades de aventura? Não esqueça que o seguro viagem pode ser útil nestas situações. Compre seu seguro com a Seguros Promo e tenha 5% de desconto com o cupom DECAPRALA5. Faça sua cotação de Seguro Viagem neste link.

 

Caminhos de Pedra - Bento Gonçalves
Caminhos de Pedra

 

Dica para aproveitar melhor sua estada em Bento Gonçalves

A cidade de Bento Gonçalves tem várias atrações, conforme mostrei no texto, algumas localizadas dentro da cidade, outras na área rural. Mas uma dica importante é quanto a localização do hotel, o que pode ajudar bastante o aproveitamento dos passeios.

E esta dica é importante, tanto para Bento Gonçalves, quanto para outros destinos que você for visitar. Assim, segue a dica: procure sempre um hotel que tenha uma localização central, tanto você estando de carro, quanto estando a pé. Pois desta forma você não perderá tanto tempo em locomoção.

Outra dica é verificar a localização do maior número de pontos turísticos da cidade, e buscar hotéis próximos a esta região. Claro que estas acomodações serão um pouco mais caras, mas a economia com transporte poderá compensar.

Eu me hospedei no Hotel Dall’Onder, que era relativamente próxima ao centro, Epopéia Italiana, Igreja de São Bento, Igeja Matriz Cristo Rei, Vinícola Aurora e o Portico de entrada da cidade. Valeu muito a pena, principalmente porque o hotel, tinha bicicletas para emprestar. Sendo assim, um dia de passeio foi feito de bike, algo que gosto muito em minhas viagens.

Mais informações sobre Bento Gonçalves o que fazer na cidade do vinho

Em todos as vinícolas há a possibilidade de degustar vinhos e sucos de uva, alguns são pagos, outros são gratuitos. Assim como, os empórios de venda de queijos e embutidos, também fazem degustação, estes são gratuitos.

A região é muito rica em cultura e enogastronomia. Foi maravilhoso estar neste lugar e conhecer parte desta história.

Como Chegar a Bento Gonçalves

Minha viagem a Bento Gonçalves partiu de São Paulo, capital, sendo assim, compramos um vôo até Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul. Há também a possibilidade de chegar a cidade por Caxias do Sul, porém, em algumas pesquisas que fiz, os voos por lá têm maior probabilidade de serem cancelados por mau tempo. Então preferi não arriscar e comprar a passagem para Porto Alegre.

Desta forma, partindo da capital gaúcha, fizemos uma viagem de carro de 144 km pela ERS – 122, foram mais ou menos 1 hora e quarenta. 

Sendo assim, e também por haver passeios na cidade que ficam na área rural, foi mais fácil alugar um carro no aeroporto.  Isso facilita bastante a locomoção entre os lugares, além de permitir conhecer outras pequenas cidades na região, como fiz indo até Farroupilha.

Para quem prefere não se preocupar em dirigir em viagens, há a possibilidade de contratar um transfer ida e volta, a partir do Aeroporto de Porto Alegre, ou a partir de Caxias do Sul.

Onde comer em Bento Gonçalves

Cheguei a Bento Gonçalves por volta das 13h00. Como tinha comido num posto na estrada estava sem fome. Fui então, andar de bike pela cidade, visitar a Vinícola Aurora e fazer degustação de vinho, mas só um pouquinho, pois tinha que voltar para o hotel pedalando…rs

Pizzaria Dom Pepe: Esta pizzaria fica próxima ao Hotel Dall’Onder onde estava hospedada. A pizzaria seve saladas, risotos, massas e obviamente, pizzas. O horário do jantar inicia-se as 19h00 e para o jantar além das saladas é servido sistema de rodízio de pizzas, risotos e massas, ao valor de R$ 33,00 por pessoa. Este restaurante fica na Rua Planalto, 1357, na esquina da Igreja de São Bento.

Casa Vani: No segundo dia visitei o Caminhos de Pedra e almocei na Casa Vani. Servem massas e carnes, pedi uma massa que ficou no valor de R$ 45,00. O restaurante Casa Vani, fica no Caminhos de Pedra, em frente a Casa de Massas e Casa da Tecelagem.

Restaurante Giordani Gastronomia Cultural: No terceiro dia, almocei no Restaurante Giordani Gastronomia Cultural, lá servem sequência de massas, carnes e petiscos. Fica no Vale dos Vinhedos, na Via Trento sem número, fica ao lado da Delicatessen Casa Madeira.

Aliás, quase todos os restaurantes no Rio Grande do Sul, ou serviam rodízio, ou  sequência (rodízio também…rs) ou self service a vontade. Definitivamente manter a dieta por lá, só com muitíssima força de vontade.

Agradecimento aos parceiros: Vinícola Miolo na visita guiada e a Giordani Turismo pela visita ao Parque Temático Epopeia Italiana e o Passeio de Maria Fumaça.

O que conhecer nos arredores de Bento Gonçalves

Próximo a Bento Gonçalves, além de todos as rotas que indiquei no item o que fazer na área rural da cidade, é possível também, fazer bate e volta para algumas pequenas cidades próximas.

Não sei você, mas eu adoro aproveitar um destino como ponto de partida, para conhecer outras cidades, que geralmente tem aquele ar encantador de interior.

Farroupilha: Esta pequena cidade fica a 29 km de Bento Gonçalves, e é possível chegar até ela, utilizando o Caminhos de Pedra. Lá você encontrará o Santuário Nossa Senhora de Caravaggio e muitos passeios em meio a natureza.

Carlos Barbosa: Nela estão as instalações gigantescas da empresa Tramontina. No centro desta pequena cidade há uma loja gigante da fábrica, sem contar que andar em suas ruazinhas é encantador. Bem em frente a loja da Tramontina há uma loja de embutidos, queijos e doces maravilhosos. Também é possível conhecer a estação de trem Maria Fumaça e fazer um passeio com ela.

Garibaldi: Outra pequena cidade, com turismo mais voltado a vinícolas. Ela é o primeiro ponto de parada do passeio de Maria Fumaça. A estação de trem é lindíssima e também uma boa opção para visitar vinícolas e uma cidade charmosa.

Informação Importante sobre Seguro Viagem

Você deve estar pensando, mas qual o sentido de ser importante um seguro viagem para viagens dentro do país? Eu também pensava assim, até fazer uma pesquisa mais detalhada sobre o assunto para responder a alguns leitores que estava com dúvidas sobre o seguro. 

Então, descobri uma informação que me surpreendeu. Descobri que é possível contratar um seguro viagem, mesmo em viagens nacionais, principalmente se você não tiver um convênio particular, ou se seu convênio não tiver cobertura nacional.

Além disso, é sempre bom lembrar que o seguro viagem não cobre somente problemas de saúde, ou acidentes durante uma viagem. Ele também lhe protege contra extravio de bagagem, cancelamento e atraso de vôos.

Por isso, é sempre bom lembar-se do seguro viagem, mesmo para viagens nacionais, basta que o destino esteja a pelo menos 100 km de distância de sua residência.

Então, fica a dica, contrate seu seguro viagem, e se quiser aproveitar um desconto de 5%, basta usar o código DECAPRALA5 para sua cotação em nosso parceiro SegurosPromo. Com ela você encontrará as melhores seguradoras e o plano de seguro mais adequado a sua viagem. Neste link sobre seguro de viagem, eu explico detalhadamente como contratar seu seguro, como escolher a melhor opção e as coberturas.

Com estas dicas sobre o que fazer em Bento Gonçalves espero que você se inspire a conhecer este lugar encantador. Eu adorei e  recomendo muito. Neste texto falei de apenas alguns pontos, no próximo post falarei com detalhes sobre o Caminhos de Pedra. Já esteve em Bento Gonçalves? O que achou da cidade? Tem alguma dica? Alguma dúvida? Escreva aqui, será um prazer receber sua impressão. Gostou desta dica? Então siga o blog no Facebook, Instagram e Pinterest para saber mais novidades. Até o próximo post sobre o Caminhos de Pedra.

Seguir Alessandra Lima:

SEO e Redatora

Alessandra, é uma pessoa apaixonada por viagens. Formada em Comércio Exterior e escreve o blog Viagens de Cá pra Lá desde 2014. Adora ler e fazer fotos. Buscando sempre lugares inusitados para suas viagens, seu intuito é trazer informações mais completas possíveis para você, Leitor. Seja bem vindo ao blog Viagens de Cá pra Lá.

16 Responses

  1. Antonio Carlos Heil

    Oi Alessandra. Como sugestão, gostaria de vc. corrigisse a palavra barriu para barril, que é termo correto para indicar uma pipa de vinho. Barriu é um som emitido por animal. Grato pela atenção.

  2. MICHELE

    Eu sou simplesmente apaixonada por Bento Gonçalves e seu texto foi perfeito. Amei matar a saudade desse paraíso no sul. O que fazer em Bento Gonçalves 16 lugares para conhecer na cidade já quero voltar e conhecer alguns que ficaram de fora.

    • Alessandra Lima

      Oi Michele, também me apaixonei por Bento Gonçalves.
      É uma cidade encanadora.
      Fico feliz que tenha gostado do texto.
      Obrigada por comentar.
      Abraço,
      Alessandra.

  3. Marcela

    Muito muito obrigada pelo post! Estava em dúvida sobre o que fazer em Bento Gonçalves, seu texto ajudou demais.

  4. Marcia Picorallo

    Nao conheci Bento Gonçalves, boas dicas do que fazer por lá. A Vinícola Aurora tem visita gratuita, mas não tem degustação, certo?

    • Alessandra Lima

      Oi Marcia, tem degustação também, maravilhosa a visita. Eles contam a história da vinícola e dos vinhos, e no final tem uma degustação. Bento Gonçalves é maravilhosa, adorei a cidade.
      Abraço,
      Alessandra.

  5. Isabela

    Olá, adorei as dicas.

    Gostaria de saber qual nome do hotel que você ficou hospedada?
    Como foi seu deslocamento nos pontos turísticos? alugou carro?
    Estou planejando ficar 4 dias.

  6. Anelise

    Olá! Você alugou bicicleta para andar na cidade? Se sim, como funciona e onde ?

  7. FLAVIA ZENKE

    Esse foi um dos destinos que mais amei fazer na Serra Gaucha. Preferimos conhecer as vinicolas menores e familiares que foi bem interessante. Adorei as suas dicas!

    • Alessandra Lima

      Olá Flávia, também adorei conhecer Bento Gonçalves.
      Fico feliz que tenha gostado das dicas.
      Obrigada.
      Abraços.
      Alessandra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *