Pisa, a cidade com muito mais além da Torre

postado em: Pisa | 0

Pisa é uma cidade pequena com 185 Km² e pouco mais de 83.000 habitantes. A principal atração da cidade é a Torre dos Sinos, “Torre de Pisa”.

Chegamos por volta de 8h00 com o ônibus de turismo, que contratamos no navio, e sairíamos de lá as 10h00 rumo a Florença.

Pouquissimo tempo, pois apesar de o ponto principal da cidade ser a Torre, no local onde ela se localiza, a Piazza dei Miracoli, há vários outros edifícios para serem conhecidos.

Piazza dei Miracoli
Piazza dei Miracoli

Então fomos até o ponto de venda do ingresso para subida na torre, e para nossa surpresa, só abriria as 10h00, exatamente o horário marcado para partirmos, imagine a decepção. E foi aí que começou a aventura que citei no post sobre Florença. Resolvemos arriscar e compramos os ingressos, deixamos as mochilas no guarda volumes, pois não é permitida entrada com bolsas, somente maquinas fotográficas. Neste link você encontra datas, horários e preços dos ingresso e também pode adquirir online.

Entramos na torre, assistimos a explicação sobre sua construção e inclinação e subimos, quase correndo a escadaria…rs. No final conto o que aconteceu. A torre levou cerca de 177 anos para ficar pronta, desde 1173. Apesar de ter sido construída ereta, foi inclinando ao longo dos anos, mesmo antes de seu término, devido a problemas na construção de sua fundação e no solo, hoje ela tem uma inclinação de cerca de 3,3 graus.

 

Vista de cima da Torre dos Sinos de Pisa
Vista de cima da Torre dos Sinos de Pisa

 

Para compensar a inclinação os arquitetos construíram paredes mais altas de um dos lados o que fez a torre inclinar um pouco para o outro lado, tornando assim a torre curva, parecendo uma banana.

Torre dos Sinos de Pisa
Torre dos Sinos de Pisa

Na praça há vários monumentos para serem conhecidos, a Catedral de Pisa, que é muito imponente por dentro e por fora. Construída entre os anos de 1064 a 1118, em estilo Romântico Toscano, é dedicada a Virgem Maria e declarada Patrimônio da Humanidade pela Unesco, assim como toda a praça e os outros monumentos.

Catedral de Pisa
Catedral de Pisa

Ao lado da Catedral está o Batistero, construído em 1152 e dedicado a São João Batista. O edifício religioso possui 54 metros de altura e 107 metros de circunferência, todas as construções da Piazza dei Miracoli, são recobertas de mármore branco, são impressionantes.

Na praça ainda há muito para ser visitado, como o Museu Opera, o Cemitério Monumental e  Sinopie Museu.

Se sua intenção é conhecer mais que os famosos monumentos de Pisa, programe-se para ficar ao menos dois dias e três noites na cidade.

Bem como disse não tínhamos muito tempo e arriscamos a subida na torre. Depois que descemos, meu namorado foi procurar o grupo de turismo e eu fui pegar as mochilas no guarda volumes, resultado, quando voltei encontrei o grupo já indo embora e meu namorado não estava com eles. Fiquei apavorada, a guia queria que eu fosse embora sem ele, e foi um tumulto…rs. Deixei o grupo ir embora, e depois de algumas tentativas consegui contatá-lo e marcamos de nos encontrar na estação de trem. E foi assim que chegamos de trem a Florença. A viagem dura em torno de 1h30. No final do passeio em Florença, por incrível que pareça, encontramos o grupo de turismo novamente na Piazza de Santa Croce e voltamos para Livorno com eles. Uma pequena aventura…rs

Como gosto de dizer, a melhor forma de conhecer as cidades por onde passamos é andando. No caminho para a estação de trem, pude ver mais alguns lugares interessantes de Pisa, como a Igreja Santa Maria della Spina, que fica ao lado do rio Arno.

Segundo conta a história tem este nome, pois foram trazidos para serem guardados nela, espinhos da coroa usada na crucificação de Cristo. Para chegar a esta igreja basta seguir pela Via Roma, ela fica bem a margem do rio.

Igreja Santa Maria della Spina
Igreja Santa Maria della Spina

Enfim cheguei a estação de trem, encontrei meu namorado..ufa. E rumamos para Florença.

Conheça outros posts interessantes sobre a Itália, Suíça e França na home, caso precise de ajuda com seu roteiro entre em contato.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *